Festival de Cinema promete agitar Pelotas

Agora falta pouco. A 2ª edição do Festival Manuel Padeiro de Cinema e Animação tem início nesta quarta-feira (01) e promete movimentar o Município, por meio da presença de cineastas oriundos de todos os cantos do País, que participam das mostras Competitiva e Paralela. No período compreendido entre os dias 1º e 4 de dezembro, Pelotas estará respirando cinema.
Segundo os organizadores do evento, uma extensa programação, tendo como pano de fundo as duas mostras, está sendo preparada com o objetivo de encantar o público que se fizer presente ao Parque da Baronesa, local da realização da Mostra Competitiva (avenida Domingos de Almeida, 1.490), Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo, local de realização da Mostra Paralela (rua Gal. Osório, 725) e Instituto de Artes e Design da UFPel, local onde ocorrerão as coletivas com os diretores (rua Alberto Rosa esquina Conde de Porto Alegre, no Porto). Em caso de mau tempo, a Mostra Competitiva acontecerá nas dependências do auditório D. Antônio Záttera (rua Três de Maio, esquina Félix da Cunha), da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), mesmo local já reservado para a cerimônia de premiação de todas as categorias do Festival.
O público que se dirigir ao Parque da Baronesa no período de realização do Festival será recepcionado por integrantes do Grupo Tholl, que estará dando as boas-vindas à comunidade. A estrutura montada no Parque compreende ainda: espaço-arte Manuel Padeiro, com esculturas do artista plástico Zezinho Santos; projeção de fotografias da realização do evento e vinhetas na parede do prédio da administração do Parque; Praça de Alimentação, sob a responsabilidade do Restaurante Fondo Blanco; Loja do Festival com venda de artigos alusivos ao evento, como é o caso de artigos personalizados, camisetas e artesanato; Fogueira, em memória aos escravos, Iluminação cênica, aplicada no entorno do Parque; Sessões de Massoterapia, com profissionais do Sítio Saracura.
Confira os trabalhos que participam da Mostra Competitiva - Parque da Baronesa – início às 20h:
Dia 01/12
- Marcovaldo – (Pelotas), direção de Cíntia Langie e Rafael Andreazza;
- Revertere Ad Locum Tuum - (MG), direção de Armando Mendz;
- Eu Queria ser Um Monstro – (RJ), de Marcelo Marão;
- Celebridades Anônimas – (SP) – de Rubens Romero;
- Depois da Pele – (RS) - de Márcio Reolon,
- Homem-Ave – (RJ) – de Rafael Saar;
- Routine – (MG) – de Jackson Abacatu;
- O Som do Tempo – (CE) – de Petrus Cariry.
Dia 02/12
Precedendo a mostra, acontece apresentação de capoeira, com o grupo de Capoeira Angola, da Academia Spazio e oficina aberta, gratuita, ao público.
- Galeria – (PR), de Elelyssa Sanches;
- Menina da Chuva – (RJ), de Rosamaria Moreira;
- Enciclopédia – (RS), de Laura Linn, Okna Produções;
- Darluz – (SP), de Leandro Goddinho;
- Starta-Herói – (BA), de Rafael Jardim;
- Diga para Minha Família que Eu Estou Preso e Vou Voltar em Um ano – (RS), de Daniel Eizirik;
- Garoto Barba – (PR), de Christofer Faust;
- Monique Maion – (SP), de Bagadefente.
Dia 03/12
Precedendo a Mostra, apresentação do Grupo de Dança Odara, que comemora 10 anos de atividade.
- A Bomba D’Água – (MG), de Eduardo Malvacini;
- O Retorno de Saturno – (RS), de Lisandro Santos;
- Sobre Vidas – (PB), de Deleon Souto;
- Áurea – (RJ), de Zeca Ferreira;
- Humpty-Dumpty – (RS), de Marcelo Tajes;
- Reconhecimento – (DF), de Ítalo Cajueiro;
- À Sombra da Marquise – (RJ), de Vladimir Seixas;
- Vida Boa – (SP), de Leo Defente;
- DoIt – (RS –Pelotas), de Felipe Pires;
- O Truque Já Aconteceu – (RS), de Roberto Burd;
Da Mostra Paralela, tendo por local o Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo, das 14h às 18h, participam:
Dia 01/12
- Direita é a Mão que Você Escreve – (RJ), de Paula Santos;
- Bomtempo – (MG), de Alexandre Dubiela;
- Meia-Noite Rio – (RJ), de Glauco Guigon;
- A Outra – (RJ), de Vítor Medeiros;
- Ernesto no País do Futebol – (SP), de André Queiroz;
- Recotada – Olhares Sobre Uma Exposição – (RS), de Cassiano de Miranda;
- Pão com Mortadela – (SP), de Marcos Melo e Georgina Castro;
- Atenciosamente, Rodrigo – (Pelotas – RS), de Maciel Fischer;
- Freud Flinstone – (MG), de Walisson Costa;
- Passado Presente – (MG), de Fábio Belotte;
Dia 02/12
- Timming – (SP), de Amir Admoni;
- Uma Estrela no Quintal – (SP), de Danielle Divardim;
- Palhaços – (PR), de Àlvaro Cruz;
- Sábias Almas-Atlanta – (SP), de Armando Fonseca;
- Bala na Cabeça – (MG), de Cristiano Abud;
- Navegantes do Velho Chico – (BA), de Wllyssys Wolfgang;
- Paz – (RJ), de Leandro Correa;
- A Escrava Isaura – (MG), de Gabriel Braga;
- Muita Calma Nessa Hora – (RS), de Frederico Ruas;
Dia 03/12
- Pequena Grande Sofia – (Pelotas – RS), de Leonardo Peixoto;
- Buba e o Aquecimento Global – (SP), de Rodrigo Pereira;
- Batuques, Ensaios e Sons – (SP), de Danielle Concensa;
- O Filme Mais Violento do Mundo – (MG), de Gilberto Scarpa;
- Cinema – (Pelotas – RS), de Jordana Coutinho;
- Flat Fun – Passos Errados – (SP), de Bruno Santoni;
- Um Animal Menor – (RS), de Laura Linn;
- Sangre Viva – Johnny Bravo – (Pelotas – RS), de Lucas Arizaga;
- Obra em Derretimento – (Pelotas – RS), de Patrick Tedesco;
- A Chave da Maré – ((PB), de Ricardo Mogliore;
- Reminiscências – (PR), de Aly Muritiba.


Táxi, chame: 53-84061744 ou 53-84388960
Carro com Ar-Codicionado e preços especiais para viagens.